Realizou-se na semana passada, dia 18 de julho, no edifício dos Paços do Concelho, em Boticas, um encontro temático que decorre no âmbito do projeto “Programa de apoio à definição da estratégia de internacionalização e abordagem a mercados prioritários para os produtos endógenos da região do Alto Tâmega”.

Ramiro Gonçalves e Fernando Queiroga

O projeto é desenvolvido em parceria pela Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega (CIMAT) e pela Associação de Municípios do Alto Tâmega (AMAT).

Os objetivos e ações do projeto encontram-se definidos e alinhados com a Estratégia de Especialização Inteligente (RIS3) do Norte e com a Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Alto Tâmega, explica no seu site a autarquia de Boticas.

Estes encontros, que decorrem em duas fases nos seis concelhos do Alto Tâmega, visam a delineação de estratégias de internacionalização dos produtos endógenos da região, entrando em mercados mais competitivos que permitam aumentar a capacidade competitiva e o crescimento do volume de distribuição e comercialização dos produtos além-fronteiras.

A reunião contou com a presença, entre outros, do presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, e do primeiro secretário da CIMAT, Ramiro Gonçalves.

Os produtores locais também participaram na iniciativa, uma vez que o desenvolvimento e sucesso deste projeto depende, em parte, do trabalho desenvolvido em conjunto pela CIMAT, AMAT, municípios e produtores, conclui a autarquia.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário