A GNR contabilizou 588 crimes por maus tratos a animais de companhia e 336 por abandono, nas várias ações de fiscalização que foram realizadas em 2017.

Os militares contabilizaram ainda 4784 infrações relacionadas com o controlo das regras de circulação na via pública, a obrigatoriedade de vacinação, o registo e identificação, sendo que 444 dizem respeito a cães perigosos ou potencialmente perigosos. Relativamente aos ataques de canídeos a pessoas foram reportados à Guarda Nacional Republicana (GNR) 257 casos.
A força de segurança pública recebeu, através da linha de apoio “SOS e Território”, 3942 denúncias de maus tratos a animais de companhia.
A Linha SOS e Território está disponível, 24 horas por dia, através do número 808 200 520 ou no website da GNR.
A GNR informa também que dá formação certificada a “detentores de cães perigosos e potencialmente perigosos”, encontrando-se abertas as inscrições, e cuja informação está também disponível no site da GNR, no separador “Cães Perigosos”.

loading...
Share.

Deixe Comentário