A maior feira de rua do país está de volta a Chaves. Entre este domingo, dia 29, e quarta-feira mais de 200 mil visitantes vão marcar presença na cidade para os habituais reencontros e concretizar de tradições. A abertura oficial do evento irá contar com o ministro da Economia.

Não se sabe ao certo quando nasceu, mas tudo indica que já terá passado os três séculos de idade. A Feira dos Santos é uma referência na região e paragem obrigatória para os milhares de visitantes que acorrem à cidade vindos de norte a sul do país e da vizinha Espanha.
O presidente da Associação Empresarial do Alto Tâmega (ACISAT), Jorge Paulo Santos, explicou que esta é uma feira singular porque é a única feira no país que se estende ao longo de quase cinco quilómetros da cidade e é também aquela que tem conseguido manter a sua génese.
Este é mais um ano em que “consolidamos o formato e revalidamos a tradição. A feira continua a ser uma mostra de produtos regionais e entendemos que não estamos a fugir à essência do evento que é uma obrigação manter”, sublinhou o responsável.
Na feira irão estar perto de seis centenas de expositores com os mais diversos produtos: artigos de sapataria, do lar, peças de vestuário, cutelaria, produtos de artesanato, de gastronomia, entre outros.
O espaço da feira irá contar também com 20 expositores relativos a várias instituições de solidariedade social que “aproveitam o momento para mostrar o que fazem e eventualmente para angariar alguns fundos”, disse Jorge Paulo Santos.
O comércio local será novamente convidado a juntar-se à Feira dos Santos através da exposição dos seus produtos na rua a propósito da iniciativa “Stock Out”.
O largo da lapa vai voltar a ser invadido pela feira dos “Automóveis Novos e Máquinas Agrícolas”, assim como o largo do pelourinho será preenchido com a feira dos “Automóveis Usados”.
De acordo com o presidente da ACISAT, a feira de automóveis usados surgiu com o intuito de inserir a zona do centro histórico no evento, havendo desta forma “circulação de pessoas e movimento no centro da cidade”.
Na organização existe sempre um “enorme número de preocupações; na primeira e segunda edições tivemos a preocupação de organizar a feira, alguns procedimentos foram informatizados e digamos que agora é mais rápida de ser organizada. Melhor ou pior… isso será classificado pelos participantes e visitantes, sendo que a ambição é sempre fazer melhor e corrigindo alguns erros cometidos nas edições passadas”, referiu.

As tradições continuam vivas

A edição deste ano irá contar com uma nova iniciativa: trata-se da “Mostra +Turismo +Sabor Alto Tâmega” que irá ter exposto para os mais de 200 mil visitantes os vários produtos e serviços provenientes de empresas localizadas nos seis concelhos da região do Alto Tâmega, no Largo General Silveira.
A abertura oficial da Feira dos Santos acontece no domingo, pelas 17h, numa cerimónia que irá decorrer na Biblioteca de Chaves e contará com o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
Durante os quatro dias não faltará animação na cidade, com dezenas de atividades para experimentar e centenas de produtos para levar para casa. O Largo General Silveira será palco das várias atuações dos grupos de cantares e dançares regionais e pelas ruas haverá animação constante, a cargo do Teatro Experimental Flaviense. Destaque para o concerto dos Função Públika na terça-feira, dia 31, a partir das 22h, no Largo General Silveira.
A Feira do Gado regressa à zona industrial, no pavilhão do mercado de gado, na terça-feira, às 8h30. No mesmo dia realiza-se o 15º Concurso Nacional Pecuário das Raças Barrosã, Maronesa e Mirandesa, o 5º Concurso Concelhio de Cão de Gado Transmontano, o 4º Concurso Concelhio de Suínos da Raça Bísara e o 2º Concurso Concelhio de Ovinos de Raça Churra Galega Bragançana. A manhã termina com o Festival Gastronómico do Polvo.
Destaque ainda para as habituais chegas de bois nos dias 29 e 31.
Recordar ainda que, existem pela cidade vários painéis interativos com o mapa da feira e com outras indicações sobre o local das principais instituições públicas que podem ser consultados pelos visitantes.

 

Cátia Portela

Share.

Deixe Comentário