No passado dia 13 de maio, o Grupo 259 de Chaves dos Escoteiros foi a Fátima para comemorar o Centenário das Aparições e a visita do Papa Francisco a Portugal.

Constituído por católicos, evangélicos, crentes e não crentes, muitos partiram em direção a Fátima pelo convívio, outros em oração, mas o que foi comum a todos foi a vontade de conhecer e viver novas experiências. Durante a iniciativa o Grupo 259 de Chaves teve a oportunidade de partilhar histórias e alguns momentos com Escoteiros/Escuteiros de todo o país e do mundo.

O grupo flaviense pernoitou na sede do Agrupamento 1041 da Caranguejeira, onde foram acolhidos “como verdadeiros irmãos escuteiros, provando que o que realmente importa são os jovens e que o escotismo/escutismo está acima de qualquer movimento associativo”. Aos escuteiros 1041 o grupo flaviense agradece e acrescenta que viveram “momentos inesquecíveis” e “mais ricos”, num mundo onde “há espaço para todos”.

“Essa diversidade é o que nos une e o que nos torna únicos! Temos a certeza que estamos no bom caminho e sabemos que não estamos sozinhos! As pessoas à nossa volta já caminham connosco e juntos vamos com certeza deixar o mundo muito melhor do que o encontramos. Somos diferentes, somos Escoteiros de Chaves!”.

O Grupo 259 da Associação dos Escoteiros de Portugal com sede no Açude em Vila Verde da Raia, Chaves, possui inscrições abertas ao longo do ano, estando abertos a jovens e crianças a partir dos 6 anos. Mais informações em www.escoteiros.pt ou na página do facebook.com/escoteirosdechaves.

Share.

Deixe Comentário