Arranca este fim-de-semana o Campeonato Distrital de Futsal Sénior Masculino da Associação de Futebol de Vila Real, que promete ser equilibrado e volta a ter uma fase regular e um Play-off de apuramento de campeão.

A fase regular volta a não ser decisiva para as contas do título, pois as oito equipas ficam sempre apuradas para o play-off de apuramento de campeão, onde o primeiro da fase regular defrontará o último, o segundo o penúltimo e assim consecutivamente, em eliminatórias à melhor de três jogos, até à grande final.
Não haverá, à partida, um candidato à subida definido, mas há equipas que chamam à atenção por aquilo que fizeram na época anterior, ou pelo plantel que formaram para a nova temporada.
É o caso do GDC Salto, que já começou a época a conquistar a Supertaça Distrital, e que foi a surpresa do ano anterior, ao ir à final do campeonato e taça. Mantendo o treinador, e tendo ainda a equipa reforçada, é a equipa a ter em conta para estar nas fases decisivas.
Do sul do distrito, o Barqueiros foi também uma das surpresas da prova do ano anterior e a equipa de Mesão Frio estará reforçada para atacar novamente o distrital.
Também reforçada, quer no plantel, quer na equipa técnica, o Hóquei Flaviense quer estar nas fases de decisão também, tendo chamado Tiago Xavier, depois da época na 2ª Divisão Nacional no Benfica Vila Pouca.
De resto, a equipa de Vila Pouca de Aguiar está de regresso ao distrital, e embora tenha muitas mudanças no plantel, sendo Litos o novo treinador, é sempre uma equipa a ter em conta com uma base sempre forte.
Depois, há equipas que seguiram caminhos diferentes. O Vilarandelo aposta na continuidade, quer do técnico, Pedro Teixeira, quer do plantel, que ainda assim tem entradas, para procurar dar um passo em frente, quer no campeonato, quer na taça. Já os Amigos Cerva apresentam-se com uma revolução na equipa, muitos reforços e um novo treinador, mas o mesmo objetivo de melhorar.
Nota final para a entrada da equipa barrosã Abelhas Azuis/Montalegre, a única estreante na competição. Com uma base forte na formação, a curto, médio prazo, pode tirar proveito disso para ter resultados também no escalão sénior.

Diogo Caldas

Share.

Deixe Comentário