Um homem, de 48 anos, ficou em prisão preventiva por ser suspeito de ter ateado um incêndio, em zona florestal, numa localidade do concelho de Chaves.

O suspeito foi detido na terça-feira passada, dia 29, pela GNR, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Chaves, no âmbito de uma investigação pela prática do crime de incêndio florestal, informou em comunicado o Comando Territorial de Vila Real.
O Tribunal Judicial de Chaves decidiu aplicar ao homem a medida de coação de prisão preventiva.

Share.

Deixe Comentário