O piloto de Carrazedo Montenegro, Luís Nunes, saiu vencedor da 39ª edição da Rampa Internacional da Falperra, ao vencer na divisão TCR, arrancando ainda um 3º lugar na geral na categoria turismo.

Ao volante de um Audi RS3 LMS TCR, Luís Nunes contou que a equipa foi “surpreendida antes da prova com alterações ao nível da regulamentação, que foram no sentido de limitar as performances do nosso carro, para um peso superior e uma maior altura ao solo, o que nos prejudica claramente na luta pelo título entre os turismos”.
“Com tudo isto só posso estar satisfeito com o resultado conseguido. O único percalço que tivemos aconteceu antes da última subida de sábado, a primeira oficial, com a transmissão a partir-se no Audi quando saí para a pré-partida, mas a Veloso Motorsport esteve espectacular e trocou a peça em 10 minutos, permitindo-me arrancar e completar a prova”, destacou o transmontano.
“O nosso piloto brindou-nos com mais uma excelente prestação, de entre mais de uma centena de concorrentes, nesta que é uma das mais míticas provas nacionais”, destacou a equipa, Veloso Motosport.
Na geral, o italiano Simone Faggioli (Norma M20 FC) ganhou a Rampa Internacional da Falperra, ultrapassando Andrés Vilariño para se tornar o recordista de vitórias (seis) na prova portuguesa. O compatriota Christian Merli (Osella FA30) ficou a apenas 0,472s de Faggioli mas bateu o recorde da rampa, com o tempo de 1m47,890s.

loading...
Share.

Deixe Comentário