A Biblioteca de Chaves acolheu na sexta-feira passada, dia 12, a apresentação da mais recente obra literária da professora Isaura Sousa intitulada “Encantos de uma língua falada e escrita”, e que é o culminar da sua tese de doutoramento realizada na Universidade de Vigo.

A obra é composta por dois volumes e pretende contribuir para o ensino da língua portuguesa. A primeira parte é dedicada à investigação da autora e na segunda Isaura Sousa coloca em prática a sua análise, complementada com imagens e grafismos. O livro “Encantos de uma língua falada e escrita” é o resultado da tese de doutoramento apresentada no polo de Ourense da Universidade de Vigo, Espanha.

Para escrever e ler melhor a escritora flaviense diz que o importante é colocarmos sentimento naquilo que fazemos e deixar que parte das nossas emoções conduzam aquilo que escrevemos. Na opinião da escritora o papel do professor primário é ainda “fundamental no ensino e no desenvolvimento da linguagem oral e na escrita”.

“Se ela for cuidada durante os quatro anos da primária podem ter a certeza que não falha”, garante a responsável.
O processo, continua, deverá ter continuidade nos anos seguintes e é também fundamental que os alunos sejam capazes de se abrir com as outras pessoas com quem convivem ou se cruzam.

Na sexta-feira à noite, e com uma sala repleta de convidados, especialmente ligados ao ensino, o presidente da Câmara de Chaves, Nuno Vaz, enalteceu o trabalho da professora pela “persistência” e “capacidade de iniciativa” para que depois do trabalho intenso e notável que teve como pedagoga encontrasse disponibilidade para conseguir fazer um trabalho desta dimensão.

Isaura Sousa dedicou mais de cinco décadas da sua vida ao ensino, abraçou vários projetos na cidade flaviense, como a Ludoteca, foi professora em várias escolas, desempenhou diversas tarefas no Magistério de Chaves, ensinou crianças com necessidades especiais e ainda deu aulas em Angola. Atualmente é presidente da Casa do Professor do Alto Tâmega e Barroso e escreve artigos de opinião para este mesmo semanário.

O lançamento do livro contou ainda com a presença de António José Paiva, vice-presidente da Casa do Professor do Alto Tâmega e Barroso, responsável por conduzir a cerimónia, do professor e subdiretor da Faculdade de Educação de Ourense, Xose Cid Fernández, e do professor Américo Peres que abordou de forma um pouco mais pormenorizada a obra.
A apresentação foi antecedida pela atuação do grupo Canto Alegre.

Cátia Portela

loading...
Share.

Deixe Comentário