A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de um homem suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal situada em Atilhó, Boticas.

O incêndio, ocorrido no dia 14 de março, por volta das 14h, colocou em perigo uma vasta mancha florestal que apenas não foi consumida devido à rápida intervenção dos meios de combate, designadamente dos bombeiros.
O detido, com 67 anos, reformado, foi presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.
Desde o início do ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 46 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

loading...
Share.

Deixe Comentário