A Igreja de Covas do Barroso, em Boticas, vai ser alvo de obras de restauro e conservação no âmbito do Plano Românico Atlântico, lançado em 2010 em consequência da construção das barragens do Alto Tâmega pela espanhola Iberdrola.

Segundo informou a Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN), vai ser feita uma intervenção de conservação e valorização na igreja românica de Covas do Barroso, um edifício datado do século XIII que, posteriormente, foi muito modificado. A igreja está circundada por um adro no qual se encontra a torre sineira.
O Plano de Restauro do Românico Atlântico, que foi lançado em 2010, junta o Ministério da Cultura de Portugal, a Junta de Castilla y León e a Fundação Iberdrola e tem como objetivo o restauro e manutenção do património de arte românica, atuando em monumentos situados nas imediações dos rios Douro e Tâmega.

Share.

Deixe Comentário