Foi ao fim da tarde de segunda-feira, dia 16 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que decorreu a cerimónia oficial da instalação dos membros eleitos para a Câmara e Assembleia Municipal de Boticas, para o quadriénio de 2017-2021.

Realizadas as eleições autárquicas, no passado dia 1 de outubro, decorreu no dia 16, a cerimónia da tomada de posse dos novos eleitos, para a Câmara e Assembleia Municipal.
Em primeiro lugar, tomaram posse os membros da Assembleia Municipal, a começar pelos presidentes de junta eleitos, dez no total (nove do PSD e um de Lista Independente) seguindo-se, depois, a tomada de posse dos 15 membros eleitos para este órgão: 12 pelo PSD, dois pelo PS e um pela CDU. Na constituição final da Assembleia Municipal, o PSD tem maioria com 21 elementos, o PS dois, a CDU um e um independente.
De seguida tomaram posse os cinco membros eleitos para a Câmara Municipal como vereadores, por ordem crescente à eleição, Célia Carneiro, Hélio Martins, Maria do Céu Fernandes e Guilherme Pires, finalizando no presidente da Câmara Fernando Queiroga.
No seu discurso de tomada de posse, Fernando Queiroga adiantou que “vamos reforçar as competências das Juntas de Freguesia, assim como das associações do concelho”. Nos próximos quatro anos “não haverá grandes obras. As prioridades assentam na continuidade do apoio à criação de emprego, no desenvolvimento do turismo, na promoção dos produtos endógenos e na equidade social”, afirmou.
O principal objetivo do executivo consiste “na fixação da população e na garantia de mais qualidade de vida da nossa população”. O apoio à agricultura vai continuar, “com a implementação de iniciativas para um maior escoamento dos produtos e garantir a rentabilidade dos agricultores”.
Fernando Queiroga realçou ainda os apoios sociais: “Um milhão de euros para os apoios sociais, repartidos entre os mais jovens e os mais idosos. A aposta na promoção do património histórico, paisagístico e gastronómico, e na divulgação do nosso concelho serão também uma prioridade para o desenvolvimento do concelho de Boticas”.
Para isso, segundo o autarca botiquense, a cooperação entre os municípios do Alto Tâmega é fundamental. “Os executivos devem dar continuidade ao trabalho em conjunto, reforçando a colaboração entre todos para que haja o melhor proveito dos nossos recursos em prol da região”, salientou.
Para concluir, Fernando Queiroga afirmou que “o dia a dia da nossa população será sempre o mais importante”.
No final da Cerimónia de Tomada de Posse, decorreu a primeira Reunião da Assembleia Municipal, cuja presidência foi assumida por Fernando Campos

Share.

Deixe Comentário