Neste sábado, dia 20 de janeiro, cumpre-se aquela que é uma das mais antigas tradições existentes no Município de Boticas, as festividades em Honra de São Sebastião, santo protetor contra a guerra, a fome e a peste.

Reza a lenda que os habitantes das aldeias de Vila Grande e Alturas do Barroso prometeram a São Sebastião, em troca da sua proteção divina, oferecer comida a todos aqueles que, no dia 20 do primeiro mês do ano, passassem pelas aldeias.

Para fazer cumprir a tradição, que já se realiza há mais de 200 anos, as duas localidades já preparam aquela que é a romaria mais importante realizada no Concelho de Boticas.

Em Vila Grande, freguesia de Dornelas, já se coze o pão para colocar sobre as mesas distribuídas pelas ruas da aldeia.

A carne, cerca de 500 quilos, também já está pronta para na manhã de sábado ser confeccionada ao lume, em potes de ferro, à semelhança do arroz.

Por sua vez, em Alturas do Barroso também já se prepara a homenagem ao santo mártir, com a oferta do pão, vinho e da tradicional feijoada às centenas de devotos de São Sebastião que nesse dia visitem a localidade.

Para a confeção da feijoada são necessários, além das carnes e enchidos, mais de 200 quilos de arroz e 300 quilos de feijão.

Os alimentos necessários para a preparação dos almoços comunitários são oferecidos pela população e/ou adquiridos com esmolas.

Como é habitual, antes do almoço, realizam-se as celebrações eucarísticas de homenagem e agradecimento ao santo e a bênção dos alimentos.

loading...
Share.

Deixe Comentário