O colóquio, organizado pelo Município de Boticas juntamente com o Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Tâmega e Barroso (ACES ATB), contou com a participação de vários profissionais ligados à área da saúde humana, animal e ambiental.

Sob o lema “Animais + Humanos = Uma só Saúde”, foram abordados temas como “Toxi-infeções Alimentares”, “Salmoneloses” e “Zoonoses Parasitárias”.
A quinta edição teve como oradores convidados Ana Paula Martins (ALS Global), Ana Isabel Mendes (Colaboradora do Departamento de Saúde Pública do Norte), Fernando Trajano Lima (Poultry Technical Manager Biomin – Áustria), Helena Moreira (Técnica de Saúde Ambiental do Departamento Público do Norte), Luís Madeira de Carvalho (Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa) e Silvana Belo (Instituto de Higiene e Medicina Tropical).

A sessão de abertura contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Boticas, Fernando Queiroga, que enalteceu o sucesso da iniciativa.
“É com muita satisfação que vejo a grande evolução que este simpósio tem vindo a ter desde a primeira edição. Isso demonstra a importância e o impacto que a realização de iniciativas como esta tem não só no panorama da saúde pública local, mas também regional”.

O autarca afirmou ainda que “é fundamental que se consciencializem as pessoas e as populações para a evolução dos tempos e das novas necessidades relacionadas com a saúde animal e que afetam diretamente o nosso bem-estar”.

O Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Manuel Gonçalves, a Diretora do Departamento de Saúde Pública do Norte, Maria Neto, a Diretora Executiva do ACES ATB, Laurentina Teixeira, o Coordenador da Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso, António Gomes, e a subdiretora Geral de Alimentação e Veterinária, Maria da Graça Fernandes, também integraram a sessão de abertura.
Por sua vez, o encerramento do fórum ficou a cargo do vice-presidente da autarquia, Guilherme Pires, e de elementos da organização.

Redação/CM Boticas

Share.

Deixe Comentário