O município de Vila Pouca de Aguiar vai arrancar com as obras de saneamento em Pedras Salgadas, Sabroso, Vila Meã, Sampaio e junto à EN2. O investimento tem o valor de cerca de meio milhão de euros.

A apresentação do projeto e a consignação da empreitada de “Conclusão dos Subsistemas de Drenagem e Águas Residuais – Lote nº 8” à empresa Arménio de Sousa Gonçalves, com uma verba de 425.102,99 euros, aconteceu na segunda-feira passada, dia 13, no centro de serviços Públicos de Pedras Salgadas

Na sessão marcaram presença o presidente da Câmara Municipal, Alberto Machado, o presidente da Assembleia Municipal, Álvaro de Sousa, o presidente da Junta de Freguesia de Bornes de Aguiar, Rogério Martins, o vereador das obras, António Vasconcelos, autarcas de freguesias e demais população local.
Ao todo, é um investimento de cerca de meio milhão de euros que servirão para implementar a Rede de Saneamento nas localidades de Pedras Salgadas (rua Quinta da Regada, bairro do Celeiro, rua do Pombal), Sabroso de Aguiar (bairro das Hortinhas), Vila Meã (rua da Regada e rua da Soutaria) e junto à EN2 (à entrada da vila termal e na aldeia de Sampaio).

O município de Vila Pouca de Aguiar viu aprovada esta candidatura comunitária financiada pelo Portugal 2020 no âmbito do POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos. O investimento total elegível é de 575.293,57€, cabendo à autarquia a comparticipação de 230.468,88€. O município está prestes a obter a taxa de 100% na cobertura de saneamento no concelho.

Redação/CM Vila Pouca de Aguiar

Share.

Deixe Comentário