O município flaviense viu aprovada a candidatura à “Musealização das Termas Romanas de Chaves”, submetida no âmbito do eixo “Conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património natural e cultural”, ao abrigo do Programa Operacional Regional Norte (NORTE 2020), integrado no acordo de parceria PORTUGAL 2020.

A concretização desta candidatura contempla um investimento total de 1,103 milhões de euros e um investimento elegível de 1,043 milhões de euros, com uma taxa de cofinanciamento de 85%, correspondendo a uma contribuição do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) de 887,305 milhões de euros.
A Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Norte informou a autarquia, no passado dia 15 de maio, da decisão de aprovação final da candidatura aos fundos comunitários, estando prevista para breve a assinatura do Termo de Aceitação da referida candidatura.

A operação “Musealização das Termas Romanas de Chaves” visa a consecução de duas componentes distintas (infraestrutural e imaterial). A primeira contempla o projeto de arquitetura e especialidades de engenharia, o projeto de conservação e restauro e o projeto de museologia. A componente imaterial, traduzida no “Plano de Promoção e Dinamização do Museu das Termas Romanas”, integra um conjunto articulado de ações que pretendem na sua globalidade desenvolver a imagem e promoção da marca “Termas Romanas de Chaves”.

Com o restauro, conservação e valorização do património arqueológico dos espaços que compõem o conjunto arquitetónico das Termas Romanas, o município pretende qualificar e intensificar a integração da cidade de Chaves, não só na região envolvente, mas também em redes internacionais, através da divulgação e promoção do seu património monumental, como fator diferenciador de atratividade e competitividade, assente na sua vocação turística, permitindo-lhe afirmar a sua imagem internacional.

Assim, perspetiva-se que, com a implementação/execução desta candidatura, as Termas Romanas de Chaves venham a assumir, no contexto do património cultural nacional e internacional, um lugar de relevante destaque como singular testemunho milenar.

Redação/CM Chaves

Share.

Deixe Comentário