A freguesia de Moreiras, no concelho de Chaves, recebeu no passado dia 3 de junho mais de 400 pessoas, na realização do Trail ‘Trilho Cova do Ladrão’, e onde o Chaves Running Team alcançou dez troféus.

A prova foi conquistada por Vítor Costa, do clube de Amarante, com o tempo de 2h17, terminando em 2.º lugar da geral o ultramaratonista flaviense João de Oliveira, do Chaves Running Team, que foi ainda 2.º no seu escalão, com 2h29, fechando o pódio o atleta Pascoal Melo do Minho Aventura com 2h33.
No pódio feminino, a atleta do Chaves Running Team Christiane Monteiro venceu com 3h07, em 2.º lugar ficou Fátima Amoinha, individual, com 3h19, fechando o pódio Rafaela Bento do Núcleo de Atletismo N. Sra. da Conceição.
Quanto aos restantes atletas do Chaves Running Team, Gonçalo Morais, classificou-se em 7.º da geral, e 7.º no seu escalão com o tempo de 2h44, Artur Dias, foi 8.º da geral, e 1.º no seu escalão com 3h06, Céu Costa, foi 15.º da geral, e 1.º no seu escalão com 3h22, Iolanda Ferreira foi 17.º da geral, e 4.º no seu escalão com 3h44, Paulo Ferreira, foi 18.º da geral, e 12.º no seu escalão com 3h44, Frederico Bento foi 21.º da geral, e 2.º no seu escalão com 3h50, Maria Alexandrina foi 25.º da geral, e 5.º no seu escalão com 4h05, José Carreira foi 26.º da geral, e 13.º no seu escalão com 4h09, Luís Chaves foi 28.º da geral, e 4.º no seu escalão com 4h09 e Fernanda Carneiro foi 29.º da geral, e 5.º no seu escalão com 4h09.
O clube flaviense venceu ainda coletivamente, quer em masculino, quer em feminino, somando mais dois primeiros lugares.
Foi ainda atribuído o prémio ‘fairplay’ ao atleta José Carreira, do Chaves Running Team, em “virtude de se destacar no meio de todos os atletas, o gosto pela modalidade e de força de incentivo aos demais na sua prática, que é possível, bastando acreditar”. José Carreira é um atleta que tem somente 24% de visão.

João Teixeira com 3º lugar em Pantón

O flaviense João Teixeira foi ao pódio na prova de atletismo realizada em Pantón, Espanha, na distância de 6.250 metros.
O evento, que teve uma distância curta, sendo ela praticamente de velocidade, colocou os atletas no desafio de percorrer um percurso misto, alcatrão e terra batida, com algum desnível positivo acentuado.
O atleta fez 8º da geral, subindo ao pódio com o 3º lugar no seu escalão, ao fazer 23 minutos e 28 segundos. “O clube, dá os parabéns, ao seu atleta, pelo seu excelente resultado, e de levar as cores e símbolo do clube a um lugar no pódio”, destacou o Chaves Running Team.

Secção de ciclismo nos caminhos de Santiago de Compostela

Os atletas José Amarante, Manuel Brás, José Marques e Benigno Pinto, da seção de ciclismo do Chaves Running Team, fizeram durante três dias o caminho de Santiago de Compostela pela costa marítima, num total de 310 km.
“Num dos cruzamentos com outros grupos, já na parte do território espanhol do caminho de Santiago, em Padrón, um grupo de ciclistas espanhóis que também estavam a fazer o caminho, disseram ‘vos reconhecemos, sois muito rápidos, correis muito’”, contaram.
“O clube dá os parabéns aos seus atletas pelo seu espírito de levar a modalidade de ciclismo, as nossas cores, símbolo e com eles o nome da cidade, até Santiago de Compostela”, destacou o clube flaviense.

loading...
Share.

Deixe Comentário