O Primeiro-ministro esteve, no passado fim de semana, em Montalegre numa ação integrada no programa de defesa da floresta contra incêndios.

Nesta visita ao concelho barrosão, António Costa fez-se acompanhar por uma vasta comitiva, da qual faziam parte o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos.
No auditório municipal de Montalegre procedeu-se à assinatura dos termos de aceitação de 69 equipas de sapadores florestais, nas quais se incluem 13 brigadas de sapadores florestais.
“Foi uma honra muito grande termos uma jornada com inúmeros elementos do Governo e autarcas de vários pontos do país. (…) Há um novo desígnio nacional que está a suscitar a atenção de toda a gente. Por todo o lado se vê uma preocupação e a consciencialização para a importância de defesa e proteção da floresta. Hoje, em Montalegre, foi a concretização de mais uma etapa do plano do Governo. Houve, também, a oportunidade de se fazer um ensaio de fogo controlado e que queremos que seja um procedimento a ser utilizado devidamente. São medidas que têm como objetivo evitar que os desastrosos incêndios do ano passado não voltem a repetir-se”, sublinhou Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal de Montalegre.

loading...
Share.

Deixe Comentário